Excesso de limpeza associado ao Mal de Alzheimer

Estudo de cientistas da Universidade de Cambridge, publicado na Evolution Medicine and Public Health, sugere que a esterilização de ambientes em países industrializados, que reduz a exposição a uma ampla variedade de microrganismos, pode ter conduzido a um menor desenvolvimento do sistema imune e às consequentes inflamações associadas com o Mal de Alzheimer e outras enfermidades degenerativas.

A falta de contato com certos germes poderia perturbar o desenvolvimento das células brancas do sangue, em particular das chamadas células T, que são uma parte fundamental do sistema imunológico.

Naqueles lugares onde toda a população tem acesso a água potável, como Reino Unido e França, a incidência de Alzheimer é cerca de 9% maior que a média, e muito maior do que em locais com baixo nível de potabilização, como Quênia e Camboja.

Segundo os cientistas, os efeitos da "hipótese da higiene" seriam mais relevantes na infância, quando o sistema imunológico ainda está em desenvolvimento.

Leia mais: Em inglês | Em espanhol: 1 | 2

E não deixe de ver: A vida em nossos corpos
Compartilhe
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...